Jato de Plasma

O jato de plasma é uma técnica   que esta no mercado estético, visa reduzir a flacidez da pele. Desde 2005, o método vem agradando pessoas por todo o mundo pelos seus rápidos e duradouros resultados, resolvendo alguns casos de flacidez que outros métodos conhecidos e não conseguiam solucionar. Neste método usa-se um aparelho caracterizado por ser um gerador de plasma ou elétro cautério.

O plasma é o quarto estado da matéria, em que os elétrons se separam dos átomos e isso produz um gás ionizado. No procedimento, esse gás pode ser aplicado na pele através de despigmentadores elétricos, os quais influenciam no tipo de profundidade e raio de ação do jato de plasma; quando aquecido, chega na pele atingindo somente o estrato córneo da epiderme, ou seja, a camada mais externa, sem atingir as mais inferiores.

 

Para que serve o Jato de plasma:

  • Partes do corpo com dermatose em geral;
  • Rugas e linhas de expressão;
  • Pálpebras flácidas;
  • Olheiras;
  • Áreas micropigmentadas;
  • Em tatuagens pequenas para clareamento;
  • Na face, como lifting;
  • No colo e pescoço, trazendo rejuvenescimento;
  • Na região da papada;
  • Em locais com cicatrizes de acne;
  • Em locais do corpo com estrias brancas ou vermelhas (vermelhas saem mais facilmente);
  • Em locais do corpo com cicatrizes atróficas ou hipertróficas.

Sendo assim várias partes do corpo com “imperfeições” estéticas podem ser ajustadas com o jato de plasma, no entanto o profissional dermatologista ou esteticista deve levar em conta todas as possíveis contraindicações ou efeitos colaterais possíveis de acordo com o estado atual e histórico de saúde do paciente.

 

É importante fazer o jato de plasma ou qualquer outro procedimento estético com profissionais habilitados e especializados na técnica de sua preferência.